Pará Musical
Publicidade texto
Radar Pará  

“Botão do Fodacy” vence CCAA Fest 2011

Banda Mostarda na Lagarta é a grande vencedora do Festival

Por Vívian Carvalho
 
Rock do Mostarda na Lagarta foi o destaque da noite  Foi com a música nonsense “Botão do Fodacy” que a banda Mostarda na Lagarta conquistou o primeiro lugar no CCAA Fest 2011.
 
A letra, super engraçada e irreverente, aliada a um som bem feito e um vocal afinado, desbancou 14 bandas paraenses e se destacou no palco do Margarida Schivasappa.

Quando Thiago "Minhoca" (vocalista), Nelinho Brasil (Guitarra), Lúcio "Del Rey" (Baixo), Dan Bordallo (Teclado) e André "Moicano" (Bateria) subiram ao palco do Teatro, na noite do último sábado (22), percebemos que coisa boa viria por aí.

Diferente da maioria das bandas, que apresentaram um som bastante imaturo e letras de pouca consistência – principalmente por que muitas têm pouquíssimo tempo de formação, algumas menos de um ano- a Mostarda, que surgiu em 2007, fez a festa no palco. O rock cômico, estilo Mamonas Assassinas, com uma pitada de Falcão e Reginaldo Rossi, fez todo mundo cair na gargalhada e se identificar com a letra que fala sobre um final de semana mal sucedido na balada.

Já a segunda colocada no Festival foi uma das bandas mais conhecidas no cenário roqueiro de Belém: Dharma Burns. Marcelo Kahwage (vocal e guitarra), Rafael Souza (guitarra), Antonio Bomber (baixo), André Monteiro (teclados) e Ivan “Pop” Campos (bateria) apresentaram o indie rock “December Lights”. Como a música já era conhecida por quem freqüenta os shows do quinteto, da platéia era possível ouvir um coro de vozes cantando junto com os meninos.

O quarteto do Pró-Verso conquistou o terceiro lugar. A banda, formada por integrantes bem jovens, não teve um dos melhores desempenhos no Festival. A música “Tudo que Precisa Saber” até tinha uma boa letra, bem escrita, mas o vocal não ajudou muito na hora da apresentação.

Além das três primeiras colocadas, o CCAA Fest desse ano - que contou com a apresentação de Luiza Braga e Raul Bentes, e foi transmitido ao vivo pela TV Cultura - apresentou ao público outras bandas talentosas.

Como a “Remoto Controle”, que embora tenha o nome inspirado na música de Adriana Calcanhotto, mandou um som que nada tinha a ver com a lentidão da Música Popular Brasileira. O quinteto apresentou um rock bastante pesado, que lembrou um pouco a banda de heavy metal Iron Maiden.

Outro nome que se destacou no Festival foi o conhecido cantor Renzo Martires, que para participar do CCAA Fest chamou uma banda de peso para acompanhá-lo. Entre os músicos estava a baixista do Álibi de Orfeu, Elaine Valente. “À amante”, nome da música apresentada por Renzo, era um pop suingado que animou o público.

Além dos experientes, Oscaravelho – provavelmente uma alusão à idade dos integrantes, todos aparentando mais de 40 anos - que juntaram suas experiências musicais e apresentaram um som que ia do metal ao hard rock.

Dharma Burns conquistou o segundo lugar no Festival

Por problemas técnicos, a banda RUWA não compareceu ao evento, e foi desclassificada. Assim, como em todas as edições do CCAA Fest, apenas 15 grupos se apresentaram na final.

Público lotou o Teatro 

Cada grupo levou a sua torcida. Se a votação coubesse a plateia, com certeza as bandas que iriam ganhar seriam: Acordalice e Trilha Colateral.

O fã clube da Arcordalice estava tão preparado, que todos foram “uniformizados” com as camisas que faziam referência à música apresentada, “Front”, e ainda levaram uma faixa enorme com o nome da banda.

A outra faixa que cobria parte da plateia era o da Trilha Colateral, que no palco apresentou uma mistura de estilos um tanto confusa, indo do rock ao carimbó, para cantar uma letra que exaltava as belezas de nossa cidade.

Mas, para eleger as três melhores bandas, o evento contou com um júri especializado formado por músicos e produtores que escolheram Mostarda na Lagarta, Dharma Burns e Pró-Verso como as melhores da noite.

Outras bandas que se apresentaram na final do CCAA Fest foram: O² Church e Carbono XIV, que mandaram um hardcore melódico. Além do Pop rock da Hannover e Robson Luiz e Banda; o Ska da Idílio; o hardcore da SK8 e, para encerrar, a The Lay que, assim como a Dharma Burns, também apostou em uma música em inglês, chamada Hands On.

Premiações:

A banda Mostarda na Lagarta ganhou a gravação de um CD, pelo selo Na Music, e de um EP virtual pelo Portal Pará Música. Já a Dharma Burns vai gravar um vídeo clipe pela Digital Produções. E a Pró-Verso gravará uma música no APCE Estúdio.

 Ouça a música Botão do Fodacy, da banda Mostarda na Lagarta:

 

24 de outubro, 2011 - 11h33
Nome
E-mail
Mensagem

Comentários (4):

4quQAP6Bo7KA

That's a clever answer to a tricky quiteson

3YUV8RPUtE6e

Smart thnniikg - a clever way of looking at it.

wA3F4HkTmJj

I am so so happy to move to London this week... I need to buy everything because I only have one bag of clothes, but mainly I need a jacket for fall and some shoes ( who doesent ) iife@aari.nutti.ti

wA3F4HkTmJj

I am so so happy to move to London this week... I need to buy everything because I only have one bag of clothes, but mainly I need a jacket for fall and some shoes ( who doesent ) iife@aari.nutti.ti


contato@paramusica.com.br

Escreva-nos!

Mensagem