Pará Musical
Publicidade texto
Notícias  

Amigos unidos cantam "Ao Vivo" no Marajó

Projeto reúne no mesmo palco cinco cantores que seguem Pará adentro com suas músicas

Por Esperança Bessa Fotos: Divulgação
Renato, Gláfira, Adriana, Rande Frank e Charles: os cinco amigos pelo Pará

 

Cinco vozes, cinco trajetórias, cinco amigos. Isso é o que une Renato Torres, Gláfira, Adriana Cavalcante, Charles Andí e Rande Frank em um projeto musical que pretende ir Pará adentro levando a música produzida por cada um e, claro, momentos de união entre amigos. O ponto de partida será no próximo dia 12, em Soure e passa dia 19 por Castanhal, sempre às 20h, todos com entrada franca. Em agosto, um DVD a ser gravado em Belém fará o registro do projeto. De lá, só Deus sabe por onde essa turma passará.

“O projeto surgiu em Algodoal quando eu, Charles Andí e Rande Frank estávamos indo para a praia da Princesa, assistir o show da Adriana Cavalcante. Foi uma festa linda, pois demos muitas risadas imaginando como seria um show com essa trupe. Ainda pensamos em incluir a Lia Sophia e o Renato Torres para somar ao projeto”, recorda Gláfira.

O que começou meio que por acaso foi virando coisa séria. “Na volta a Belém eu amadureci as ideias, coloquei no papel e chamei o elenco, que supertopou e viajou ainda mais. Daí o projeto deixou de ser meu e passou a ser nosso. Por isso aviso: nunca dê ideias perto de mim, que eu coloco no papel e vira projeto”, pontua Gláfira.

Os músicos pontuam que ‘Ao Vivo’ é um projeto coletivo mesmo. O repertório é escolhido em conjunto e reúne, além das músicas autorais de cada um, três ‘apoteoses’ coletivas ao som de ‘Merengue latino’ (Ronaldo Silva), ‘Macareu’ (Paulo André Barata) e ‘Ai Menina’ (Lia Sophia). Esta última entrou no set list como uma forma de manter a amiga presente no projeto, mesmo depois que ela, em fase de divulgação nacional da carreira, precisou se desligar do grupo por razões óbvias. “A música da Lia entrou depois de sabermos que ela estava deixando o projeto por motivos contratuais com um patrocinador. Queríamos homenagear a amiga, que deixou o projeto de coração partido”, justifica Gláfira.
‘Ao Vivo’ é a soma de iguais que são diferentes. De músicos que têm o DNA paraense no sangue, mas cada um com seu estilo próprio, o seu ritmo próprio, a sua forma única de cantar. Adriana Cavalcante diz que é a ideia é levar esse projeto ao máximo de municípios paraenses, fazendo com que o público tenha a oportunidade de conhecer o trabalho pessoal de cada um, e a integração entre eles quando sobem ao palco juntos. A intenção no DVD que será gravado em Belém é registrar músicas solo e participações um na música do outro. Tudo junto e misturado. O projeto tem direção musical de Lenilsom Albuquerque, direção artística e cenário de Cher Segtowich, figurino de Alba Maria e “frescura de todos”, brinca Gláfira.

 

SERVIÇO:

Show ‘Ao vivo’ com Renato Torres, Gláfira, Adriana Cavalcante, Charles Andí e Rande Frank. Estreia dia 12 na orla de Soure, e dia 19 na Praça da Estrela, em Castanhal, sempre às 20h, com entrada franca. Patrocínio: Conexão Vivo e prefeitura municipal de Soure e Castanhal, via Lei Semear. Apoio Na Music, Marajó On Line, Paramusica.com.br e Equipe Ponto Zero.

Informações: (91) 8229-1336. 

11 de maio, 2012 - 00h09
Nome
E-mail
Mensagem

Comentários (0):

Nenhum comentário publicado.

contato@paramusica.com.br

Escreva-nos!

Mensagem