Pará Musical
Publicidade texto
Notícias  

Urubu Pavão reúne novos compositores

Projeto de música autoral reúne novos e jovens poetas da cena paraense no sebo Porão Cultural

Por Redação Foto: Divulgação
Primeiros adeptos do projeto Urubu Pavão

A partir da próxima sexta-feira, dia 26, às 20h, estreia no sebo Porão Cultural o projeto Urubu Pavão. Idealizado e criado no final do ano de 2012 por João Urubu e Rafael Pavone, o Urubu Pavão é um projeto de música autoral que tem por objetivos principais valorizar e divulgar o trabalho de novos compositores paraenses. Ou seja, construir uma atmosfera estimulante e favorável à criação, ao debate e a midiatização das composições desses artistas. A cada mês, um encontro entre dois novos nomes da cena musical será realizado, onde apresentarão suas canções e conversarão com o público sobre seus respectivos processos de criação.

O pontapé será dado pelos próprios João Urubu e Rafael Pavone. João Urubu é um jovem poeta, músico, compositor e cantor conhecido e reconhecido no microcosmo do movimento teatral e dos botequins de Belém. Rafael Pavone é cantor, compositor e músico da banda Les Rita Pavone, ou o “dono da voz” de “Sentimento do Mundo”, single lançado pelo Les Rita Pavone no final do ano passado.

Após uma longa série de ensaios abertos, a comunidade poderá assistir ao Urubu Pavão exibir suas “plumas fedidas de sangue, suor e som”, nas palavras de Mateus Moura, um dos simpatizantes aderentes do projeto. Depois de João e Rafael, outros novos compositores experimentarão o mesmo processo. “O Urubu Pavão quer com isso criar um movimento sem falsos messias e sem panfletarismos, protagonizado única e exclusivamente por artistas interessados em retirar suas canções da gaveta e dar-lhes um sopro de vida”, afirmam.

Urubu é o sobrenome de João. Pavão é o sobrenome de Rafael em português. Contudo, a escolha do Urubu Pavão não se deu meramente pela associação óbvia dos sobrenomes dos artistas. A escolha é estética, e foi concebida por acreditarem que é a partir do jogo conflituoso e dialético das forças antagônicas coexistentes no mundo – por exemplo, o belo e o feio, o bem e o mal, o inferno e o céu, o urubu e o pavão, etc. –, é que a arte e a vida tornam-se mais fecundas, abrindo-se a infindáveis possibilidades estilísticas.

SERVIÇO:

Estreia do Projeto Urubu Pavão – Com João Urubu e Rafael Pavone

Sexta-feira, dia 26

Às 20h

No sebo Porão Cultural

(Av. Tamandaré, Nº 692, Bairro da Cidade Velha, ao lado do curso de Inglês Aslan)

24 de abril, 2013 - 21h53
Nome
E-mail
Mensagem

Comentários (8):

UliPAhzXF

Play inimfoatrve for me, Mr. internet writer. http://ryhnfumjcj.com [url=http://rxvxikipl.com]rxvxikipl[/url] [link=http://gppjsiwg.com]gppjsiwg[/link]

UliPAhzXF

Play inimfoatrve for me, Mr. internet writer. http://ryhnfumjcj.com [url=http://rxvxikipl.com]rxvxikipl[/url] [link=http://gppjsiwg.com]gppjsiwg[/link]

twC5Bd9Mqr

The abitliy to think like that shows you're an expert

YvecWCwk

Th'eers nothing like the relief of finding what you're looking for.

YvecWCwk

Th'eers nothing like the relief of finding what you're looking for.

YvecWCwk

Th'eers nothing like the relief of finding what you're looking for.

rm1yMgJ7xe

falena bianca: o tak kulinarne podroze to szswtenaalo, z bliska - trzeba bedzie cos wymyslic :)@ margot: szok to Ci sie udalo - wizualnie zielony groszek zdaje sie bic wszystko!@ Ania: polecam Izrael, intryguje jak ta sol :-)

rm1yMgJ7xe

falena bianca: o tak kulinarne podroze to szswtenaalo, z bliska - trzeba bedzie cos wymyslic :)@ margot: szok to Ci sie udalo - wizualnie zielony groszek zdaje sie bic wszystko!@ Ania: polecam Izrael, intryguje jak ta sol :-)


contato@paramusica.com.br

Escreva-nos!

Mensagem