Pará Musical
Publicidade texto
Notícias  

Joelma Klaudia repercute clipe

Video de “Povo daqui” foi gravado entre etnias do Xingú. Cantora continua temporada com show em homenagem à Tropicália

Por Fábio Gomes Foto: Fábio Pina
Joelma cantará repertório da Tropicália

Lançado no dia 6 de abril em show no CamarIN Cultural, e disponível desde o dia 7 no YouTube, o clipe de Joelma Klaudia para a canção "Povo Daqui", de Edir Gaya e Cacá Farias, já ultrapassou 1.800 visualizações até a manhã do dia 23. A cantora paraense filmou o vídeo no ano passado em Altamira, tanto na parte urbana, quanto em aldeias dos povos indígenas Araweté, Arara, Assurini e Parakanã. A canção é um protesto contra a devastação que a Floresta Amazônica tem sofrido ao longo dos séculos de presença européia em terras brasileiras.

No dia 27 de abril, Joelma Klaudia volta a apresentar, ao lado de Renato Torres e Olivar Barreto, o show Especial Tropicália. A estreia aconteceu em janeiro, dentro da programação de 10 anos do Cine Estação das Docas. A reestreia será no SESC Boulevard, a partir das 19h deste sábado, com entrada franca. O trio de cantores será acompanhado por Rodrigo Ferreira (teclados), Rafael Azevedo (baixo) e Adriano Sousa (bateria). No repertório, alguns dos principais sucessos do movimento que abalou as estruturas da cultura e da ditadura brasileiras nos anos 1960, como "Tropicália", "Domingo no Parque", "Geléia Geral" e "Mamãe Coragem".

A Tropicália foi criada em 1967 por iniciativa dos baianos Gilberto Gil e Caetano Veloso, então alinhados esteticamente com a chamada "segunda geração da bossa nova". A intenção de ambos era libertar a MPB do retrocesso simbolizado, para Caetano e Gil, pela música de protesto. Para esta libertação, os tropicalistas não buscaram criar uma forma musical nova, preferindo juntar elementos já existentes que pudessem servir a seus propósitos.

Com letras influenciadas pelo Modernismo e pela poesia concreta, suas composições podiam tanto ser marchas, canções, baiões, boleros ou rocks, cantadas num estilo "cool" próximo ao da bossa nova inicial e da Jovem Guarda. Desta veio ainda o uso corriqueiro de guitarra elétrica, o que tanto chocou os "puristas" logo de saída. Nos arranjos tropicalistas, não raro a guitarra estava lado a lado com uma orquestra sinfônica regida por maestros oriundos do movimento erudito Música Nova, como Júlio Medaglia e Rogério Duprat. Também tiveram especial atuação no movimento os autores e intérpretes Gal Costa, Os Mutantes, Jorge Ben, Tom Zé  e Nara Leão.

SERVIÇO:

Show Especial Tropicália.

Com Joelma Klaudia,  Renato Torres e Olivar Barreto

No SESC Boulevard

Dia 27 de abril, Sábado

A partir das 19h

Entrada Franca.

NA REDE:

Veja Joelma Klaudia no clipe de "Povo Daqui"

23 de abril, 2013 - 18h31
Nome
E-mail
Mensagem

Comentários (0):

Nenhum comentário publicado.

contato@paramusica.com.br

Escreva-nos!

Mensagem