Pará Musical
Publicidade texto
Notícias  

Joelma Klaudia canta Janis Joplin

Cantora paraense segue temporada em homenagem aos 70 anos da pérola do jazz rock’n’blues americana

Por Redação Foto: Fábio Pina
JK é fã de Janis Joplin desde os anos 1990

Se viva estivesse, a cantora americana Janis Joplin teria completado 70 anos no último sábado, 19 de janeiro. Influenciada por grandes nomes do jazz e do blues como Aretha Franklin, Billie Holiday, Etta James e Bessie Smith, Janis fez de sua voz a sua característica mais marcante, tornando-se um dos ícones do som psicodélico que marcou o final dos anos 1960.

Em Belém, os 70 anos de Janis estão sendo comemorados desde o começo do mês em todas as sextas, na nova temporada do show Janis e Outros Rocks com Joelma Klaudia no Old School Rock Bar, na Rua Antônio Barreto, 200 (esq. Trav. Almirante Wandenkolk), no Umarizal (fone: 91-3212-8171), às sextas, sempre a partir das 22h. A temporada irá prosseguir nas sextas de fevereiro.

“Ouvia Janis por influência de um primo que morava na minha casa, com minha família. Toda noite ele colocava no microsystem uma fita k7 com Janis Joplin e Pink Floyd. Isso rolou durante uns seis meses, aí mergulhei nos anos 70. Há 46 anos perdemos JJ, entretanto sua voz ainda hoje é ouvida e lembrada. Seus fãs aumentam a cada ano”, diz Joelma.

Joplin, faleceu em outubro de 1970, tendo lançado apenas quatro discos: Big Brother and the Holding Company (1967), Cheap Thrills (1968), I Got Dem Ol' Kozmic Blues Again Mama! (1969) e Pearl (lançado postumamente, em 1971). Seu círculo de amigos próximos incluía Jimi Hendrix, Jim Morrison, Kris Kristofferson.

Oito meses antes de morrer, Janis passou uma temporada no Brasil, causando espanto com suas roupas e atitudes hippies, o que fez com que fosse barrada ou expulsa de ambientes como o hotel Copacabana Palace e os desfiles das escolas de samba cariocas. Foi presa por fazer topless na praia. A única vez de Janis Joplin num palco brasileiro foi uma canja, à capela, em meio a um show de Alcione na boate New Holliday, em Copacabana. Janis cantou 'Ball and chain', dela mesma, e 'What I'd say', de Ray Charles. Quem a chamou para o palco foi o lendário roqueiro Serguei, que havia conhecido nos Estados Unidos em 1968, num festival de rock em Long Island, e que ela namorou durante a passagem pelo Brasil.

Joelma Klaudia também participa de show ao lado de Renato Torres e Olivar Barreto, uma homenagem à Tropicália, na Estação das Docas no próximo sábado, 26 de janeiro. Neste primeiro semestre, irá se dedicar à gravação do segundo CD, Amazônia Lounge, com músicas de compositores paraenses, e também lançar seu novo clipe, com a música "Povo Daqui". Para o segundo semestre, estão previstos nova turnê com a Orquestra de Violoncelistas da Amazônia e a gravação do terceiro CD, Nua e Crua.

SERVIÇO:

Show Janis e Outros Rocks com Joelma Klaudia

No Old School Rock Bar, na Rua Antônio Barreto, 200

Fone: 91-3212-8171

Às sextas, sempre a partir das 22h.

 

22 de janeiro, 2013 - 04h57
Nome
E-mail
Mensagem

Comentários (0):

Nenhum comentário publicado.

contato@paramusica.com.br

Escreva-nos!

Mensagem